Acadêmico de Agronomia da Ufopa representa região Norte em Conferência Internacional

Compartilhar em facebook
Compartilhar em twitter
Compartilhar em linkedin

O estudante de Agronomia da Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa) do Campus Juruti, no oeste paraense, Elber Diniz, foi um dos selecionados para representar a região Norte como embaixador na “Brazil Conference at Harvard & MIT 2021”, que acontecerá entre os dias 11 e 17 de abril. A conferência será transmitida pelo YouTube.

O evento é relizado anualmente pela comunidade brasileira de estudantes em Boston, nos Estados Unidos, para promover o encontro com líderes e representantes da diversidade do Brasil e discutir temas relacionados à política, economia, cultura e sociedade.

Elber cursa o 6º período do Bacharelado em Agronomia e é gerente de projetos do Instituto Juruti Sustentável (IJUS), onde lidera a iniciativa “Juruti contra a covid-19”, projeto que conta com o apoio da Ufopa e já impactou diretamente mais de 50 mil pessoas com ações de enfrentamento a problemas causados pela pandemia na região do Baixo Amazonas.

Na conferência, haverá o “Painel de Embaixadores”, que vai reunir 10 estudantes de graduação com papel ativo e transformador frente à realidade brasileira com atuação em pesquisas, projetos sociais, voluntariados, iniciativas empreendedoras, entre outros.

“Estou muito contente com a seleção. Foram mais de seis meses de processo seletivo, concorrendo com jovens incríveis de todo o Brasil, o que agrega uma responsabilidade gigante em representar a região norte”, comemorou Elber.

O acadêmico disse também que pretende levar e chamar atenção para discussão dos desafios e soluções para enfrentamento dos problemas causados pela pandemia do coronavírus no interior da Amazônia.

“Apresentarei como conseguimos criar uma cooperação entre organizações e estamos conseguindo atender diretamente mais de 50 mil pessoas no oeste do Pará, com a distribuição de 57 mil máscaras; 6 toneladas de álcool em gel; 40 toneladas de alimentos; materiais médicos e hospitalares para hospitais e unidades básicas de saúde; mais de 500h de divulgação para orientação de proteção contra o coronavírus através de carro som e barco som; e a doação de insumos para recuperação de agricultores familiares impactados pelos problemas da pandemia”, complementa.

A professora da Ufopa, Dayse Vieira, que acompanha a trajetória do estudante, comenta o orgulho pela sua conquista: “Já tive oportunidade de ser sua orientadora em dois estágios, nacional e internacional, e ele aproveitou ao máximo as oportunidades, trazendo novas ideias e contribuindo com o desenvolvimento do curso. Sempre esteve envolvido em ações que visem melhorar a qualidade de vida da comunidade jurutiense, sendo realmente um ator importante em diversos projetos”.

Fonte: G1 Santarém – PA