IJUS inicia treinamento de agentes de saúde com apoio da PPA Solidariedade

Compartilhar em facebook
Compartilhar em twitter
Compartilhar em linkedin

Durante setembro e outubro, o Instituto Juruti Sustentável (IJUS) já treinou mais de 250 agentes populares de saúde da região de Juruti em protocolos específicos para COVID-19. O objetivo é oferecer a oficina em 100% das Unidades Básicas de Saúde de Juruti, contribuindo com informação de qualidade e materiais fundamentais para a prevenção da Covid-19. Na primeira fase estão recebendo a oficina as unidades básicas de saúde e a Região do Mamurú Rio.

“É uma formação orientativa para preparar as pessoas para que elas sejam agentes de informação nas comunidades. Ela potencializa nosso trabalho de entrega de kits de prevenção. Quando você envolve lideranças comunitárias e agentes comunitários de saúde, eles trabalham também nas comunidades adjacentes, então conseguimos ramificar as informações”, explica Bárbara Espíndola, Secretária Executiva do IJUS.

As oficinas de capacitação são voltadas aos agentes comunitários de saúde, lideranças comunitárias e religiosas da região, e abordam medidas preventivas para COVID-19 e também o que passar para a população. Além disso, os profissionais de limpeza das unidades de saúde também estão sendo treinados em higienização de ambientes coletivos. Os agentes populares de saúde recebem kits de prevenção incluindo informativos, álcool em gel e máscaras para entrega a cada família das comunidades atendidas, e a unidades de saúde recebem carrinhos de limpeza profissional e produtos de limpeza para durar alguns meses.

“A capacitação foi algo muito positivo para a gente, porque abrangeu o que a comunidade precisava. Queríamos que a comunidade recebesse algo mínimo, que foi o kit, como a máscara, para a questão da prevenção. Porque não adianta falar e não dar a prevenção, sem os materiais é só meio caminho andado,” parabenizou Kelly Goés, enfermeira e Coordenadora da unidade Irmã Ávila da região de Juruti Velho.

Adaptações para a Amazônia

Os treinamentos dos agentes de saúde e a distribuição de kits complementam a campanha informativa de prevenção que está sendo veiculada em rádios da região, e por meio de carros e barcos som nas comunidades mais afastadas. O diferencial é que a linguagem e os meios de veiculação foram adaptados para a região.

“O que eu achei mais interessante foi que eles trouxeram a dinâmica bem voltado para a cultura daqui mesmo, da forma que a gente vive. A linguagem acessível, os termos que eles utilizaram, na linguagem popular mesmo. E isso é muito importante porque às vezes a gente traz algo muito técnico, muito científico e não conseguimos atingir o que nós queremos que é fixar essas informações e que eles colocam em prática” comentou Kelly.

As radionovelas chegam às populações até com um “carrinho de mão som”, criado especialmente para a campanha. “Em algumas comunidades onde nem o barco chega, porque quando o rio seca, o barco fica muito longe da comunidade, então contratamos um carrinho de mão som, que ele empurra pelas comunidades, que são de poucas famílias, mas que garante que a informação chegue”, explicou Bárbara.

Inicialmente, as capacitações seriam realizadas apenas em 10 polos  nas áreas rurais de Juruti, mas o bom resultado fez com que fosse requisitada também na cidade de Juruti, e será realizada nas cinco unidades básicas de saúde e no hospital do município. O impacto da campanha de comunicação também está indo além de Juruti, já que rádio escolhida alcança outros quatro municípios.

Até o momento as atividades realizadas foram:

• 272 Agentes Populares de Saúde (APS) capacitados;

• 40 pessoas capacidades na Limpeza e Desinfecção de Ambientes Coletivos

• Mais de 3 mil Kits (informativo, álcool em gel e Máscaras) entregues;

• Geração de Trabalho e renda na produção de mais de 17 mil Máscaras realizada por instituições e micro empreendedoras(es) de Juruti;

• Todas as comunidades-polo de Juruti atingidas com Oficinas;

• 2 episódios Rádio Novela veiculados;

• 37 mil pessoas alcançadas com informativos sobre a covid19 através de carro, barco som, rádio e outros veículos de comunicação atendendo mais de 50 comunidades de Juruti e avançado para municípios entorno como Oriximiná, Terra Santa, Óbidos e Curuá.

• 9 kits de carrinho profissional e materiais de limpeza entregue em Unidades Básicas de Saúde;

O projeto “Juruti Contra Covid-19” é resultado de parceria entre o Instituto Juruti Sustentável (IJUS), a Plataforma de Parceria para a Amazônia (PPA), Agência de Desenvolvimento Internacional dos EUA (USAID), Alcoa Foundation e Cooperativa da Agricultura Familiar de Juruti (Cooafajur).