Notícias 2018-12-12T10:37:51+00:00

NOTÍCIAS

A sustentabilidade na amazônia exige união

Uma das empresas mais reconhecidas em termos de inovação, a 3M inaugurou a unidade de Manaus em 2015, com sistemas de baixo consumo de energia elétrica e baixo consumo de água, além de não utilizar solventes orgânicos nos processos produtivos. Em entrevista à PPA, o gerente de planta da empresa em Manaus, Fernando Pellicano, destaca os avanços em sustentabilidade da empresa e fala ainda sobre sua visão a respeito do desenvolvimento da Amazônia, com seus desafios e oportunidades. Confira a seguir:   PPA: A 3M é reconhecida mundialmente pela sua inovação em produtos e no seu investimento em Pesquisa e Desenvolvimento. Como a empresa trabalha a inovação em Sustentabilidade e Responsabilidade Social? Fernando Pellicano (FP): Há décadas a empresa vem empenhando esforços tanto na área de P&D como em toda a cadeia produtiva de supply chain para desenvolver e produzir produtos com atributos sustentáveis que atendam às necessidades dos seus clientes e causem o menor impacto possível ao meio ambiente. Há equipes dedicadas a analisar e buscar as melhores opções, sob o ponto de vista da sustentabilidade, desde as matérias primas até as embalagens finais que chegarão ao nosso cliente e seu descarte, passando pela eliminação do solvente em processos nas manufaturas, por exemplo, ou substituição de matérias primas por alternativas disponíveis adequadas às melhores práticas ambientais e com menor geração de resíduos. E olhando para o aspecto social, desde 2006 a 3M criou o Instituto 3M de Inovação Social, uma organização idealizada para contribuir com a transformação social do Brasil, promovendo o empreendedorismo de nossas futuras gerações, fundamentado em valores éticos, de cidadania e de sustentabilidade. A missão do Instituto 3M é atuar na descoberta de tecnologias sociais e no desenvolvimento de programas próprios e em parcerias com foco na formação de nossas futuras gerações para empreendedorismo. Há mais de cinco anos Leia Mais