Parceiros da PPA vencem Impact Awards 2020, promovido pelo Environmental Finance

Compartilhar em facebook
Compartilhar em twitter
Compartilhar em linkedin

O Fundo de Biodiversidade da Althelia e a Plataforma de Empréstimo Coletivo da SITAWI, membros da Plataforma Parceiros pela Amazônia (PPA), venceram o Impact Awards 2020, promovido pelo canal especializado Environmental Finance. Foram premiados, respectivamente, nas categorias Fundo do Ano-Multiativos e Iniciativa de Impacto do Ano para América Latina e Caribe.

Em sua primeira edição, o prêmio busca reconhecer e recompensar o trabalho de investidores de impacto e destacar as melhores práticas em todas as classes de ativos no mundo. No total foram 42 categorias, com vencedores escolhidos por um painel de 12 juízes com base informações de 1 de abril de 2019 a 31 de maio de 2020.

“Gostaria de parabenizar a Althelia e a SITAWI pelos prêmios do Impact Awards. Estamos muito orgulhosos e honrados de ter apoiado as iniciativas, e é muito significativo que sejam propostas voltadas para a Amazônia e demonstram o excelente trabalho que foi realizado”, disse Anna Tonnes, diretora de meio ambiente da USAID.

Lançado em 2019, o Althelia Biodiversity Fund Brazil (ABF) é um fundo comercial privado de investimento de impacto gerido pela Mirova Natural Capital, sob a marca Althelia Funds, e administrado pela gestora brasileira Vox Capital. O ABF é registrado como um Fundo de Investimento e Participações (FIP), com vigência de 11 anos e previsão de captar US$ 100 milhões (R$ 400 milhões) no período. Os gestores do fundo já estruturaram 3 negócios e outros 10 estão em desenvolvimento.

Foi desenhado de forma conjunta com a USAID/Brasil, Alliance Bioversity-CIAT e outros parceiros da PPA. Durante o co-desenho, a USAID fez recomendações para as políticas de impacto, de governança, social  e ambiental, e utilizou o mecanismo Development Credit Authority (DCA) para reduzir riscos financeiros, ao oferecer ao ABF uma garantia de empréstimo de 50% do seu portfólio contra perdas. Já o Centro Internacional de Agricultura Tropical (CIAT) foi o investidor inicial, com US$ 15 milhões. 

Busca superar desafios financeiros enfrentados por startups da Amazônia, oferecendo capital de longo prazo e financiando negócios sustentáveis com impacto positivo e transformador para a biodiversidade e para as comunidades da região. Cartas de intenção do ABF foram entregues a startups que foram ou estão sendo aceleradas no Programa de Aceleração da PPA. 

Plataforma inovadora – A plataforma de Empréstimo Coletivo da SITAWI, vencedor na categoria Iniciativa de Impacto, fez até agora 12 captações, que mobilizaram R$ 5,6 milhões para projetos de impacto socioambiental positivo. A iniciativa visa a estimular investimentos de capital privado em organizações alinhadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas (ONU).

Combina empréstimos coletivos de investidores individuais de varejo com outros mais tradicionais de co-investidores maiores. Considerada iniciativa pioneira no Brasil, a plataforma permite investimentos individuais a partir de R$ 1.000.

O Empréstimo Coletivo teve três rodadas de investimentos, com 273 investidores. A segunda rodada, realizada no início de 2020, teve como foco empreendimentos do Programa de Aceleração da PPA. A Parceria também investiu na rodada, com apoios da USAID/Brasil e da Humanize. Foram mobilizados R$ 3,3 milhões para negócios sustentáveis ​​na Amazônia que geram renda para comunidades indígenas, quilombolas e ribeirinhas.