PPA Solidariedade: Nova parceria ajuda comunidades amazônicas a enfrentarem COVID-19

Compartilhar em facebook
Compartilhar em twitter
Compartilhar em linkedin

A nova parceria PPA Solidariedade: Resposta à COVID-19 na Amazônia busca alavancar soluções inovadoras e escaláveis, por meio de programas assistenciais, a resposta emergencial ao combate à COVID-19 em todos os estados da Amazônia, em especial no Amazonas e Pará. A Agência dos Estados Unidos para Desenvolvimento Internacional USAID, NPI Expand, a Plataforma Parceiros pela Amazônia (PPA) e a SITAWI Finanças do Bem se uniram para criar a iniciativa que irá ajudar a combater a COVID-19 no Brasil. 

Com aporte inicial de R$ 10,6 milhões da USAID e NPI Expand, a parceria buscou também alavancar recursos com parceiros do setor privado como Alcoa, Bank of America, Beraca, Cargill, Caterpillar, Fundo de Sustentabilidade Hydro, Mineração do Rio do Norte, Suzano e Vale, que contribuíram com cerca de R$ 18,2 milhões para as ações.   

Os programas incluem distribuição de cestas básicas e kits de higiene para mais de 16 mil famílias, campanhas informativas sobre métodos de prevenção para mais de 250 mil pessoas, apoio à testagens, ampliação de leitos de UTI e resgate a negócios de impacto, com R$ 1,5 milhão em empréstimos a juros baixos e capacitações. 

O embaixador Todd Chapman ressaltou: “Os EUA e o Brasil estão trabalhando juntos para superar o inimigo invisível que enfrentamos. Ações colaborativas como a do PPA Solidariedade unem as organizações públicas e privadas e da sociedade civil para lutar contra o impacto e ameaça da COVID-19 na vida de cada pessoa”. 

“A Amazônia foi uma das primeiras regiões do Brasil a sofrer com a pandemia da COVID-19, e muitos locais ainda estão sob forte ameaça. As ações apoiadas pela PPA Solidariedade irão ajudar a proteger as comunidades que ainda estão vulneráveis, e também aos negócios locais para que possam se manter e se recuperar mais rapidamente”, disse Ted Gehr, diretor da USAID/Brasil. 

A parceria irá trabalhar com a sociedade civil e o setor privado em quatro linhas de ação para: 

1) Mobilizar campanhas de comunicação para enfrentar a COVID-19, ao mesmo tempo em que capacita comunidades vulneráveis ou isoladas para se protegerem contra a exposição e transmissão do vírus;  

2) Promover medidas de prevenção e controle da infecção pela COVID-19 em estabelecimentos de saúde e em comunidades;  

3) Apoiar o sistema de saúde local (hospitais, postos de saúde e serviços comunitários de saúde) para responder e controlar a epidemia por meio de serviços de gestão de casos e vigilância;  

4) Apoiar os pequenos negócios na região Amazônica afetados pela Covid-19 (empresários, grupos de produtores e cooperativas) com assessoria financeira e empréstimos com juros baixos; 

A PPA Solidariedade complementa a resposta à COVID-19 que os parceiros da PPA têm conduzido desde o início da pandemia, protegendo funcionários e comunidades. A iniciativa também faz parte dos esforços do governo dos EUA de apoio ao Brasil.  

O governo e o setor privado dos EUA estão fortemente empenhados em ajudar o povo brasileiro a combater a COVID-19 no Brasil e juntos já disponibilizaram cerca de US$ 68 milhões (aproximadamente, R$ 356 milhões) para uma série de iniciativas, incluindo doação de equipamentos de saúde, alimentos, produtos de higiene e proteção individual, além de projetos de apoio a empreendedores, inteligência artificial e combate à desinformação. 

Mais informações:

Juliana Nogueira – contato@ppa.org.br

+55 61 983413638